Ifap recebe apoio da bancada federal e é incluído na LDO Imprimir
Ter, 18 de Julho de 2017 16:52

alt

As quatro audiências públicas realizadas pelo Instituto Federal do Amapá (Ifap) nos municípios de Porto Grande, Macapá, Laranjal do Jari e Pedra Branca do Amapari em junho e as visitas da reitora Marialva Almeida aos gabinetes dos parlamentares da bancada federal do Amapá em Brasília resultaram na inclusão da Instituição na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2018.

 

No ano de 2016, a reitora esteve em Brasília em busca do apoio da Bancada Federal para que o Ifap fosse contemplado com a emenda prioritária de bancada. No entanto, mesmo com o compromisso de todos os parlamentares, o recurso não pode ser destinado à Instituição por não constar no texto da lei a Ação 20RG, que trata da Expansão e Reestruturação de Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica.

alt

 

Neste ano, a reitora reuniu novamente com os parlamentares nos meses de abril e junho para reiterar a importância da inserção do Ifap na LDO. Através deste diálogo com a bancada e do apoio da sociedade através das Audiências Públicas, realizadas nos municípios onde o Instituto está presente, conseguiu que fosse apresentada emenda ao texto-base para a inclusão da Ação 20RG no texto da lei.

 

“Ano passado o Ifap não pôde receber emenda prioritária de bancada por não fazer parte da LDO. Agora, já demos o primeiro passo: incluir o Instituto na Lei de Diretrizes Orçamentárias e garantir, com a importante ajuda dos parlamentares, que a instituição continue crescendo, expandindo e cumprindo seu papel social”, disse Marialva Almeida.

 

Através da inclusão da Ação 20RG na LDO, o Ifap se habilita a ser uma das instituições aptas a receber recursos da emenda prioritária de bancada. A rubrica garante a expansão e reestruturação da Rede Federal por meio de construção, ampliação e reforma de imóveis, aquisição locação de imóveis, veículos, máquinas, equipamentos, mobiliários e laboratórios pela instituição. A previsão é que a Lei de Diretrizes Orçamentárias seja aprovada entre os meses de agosto e setembro deste ano.

 

alt

O deputado Federal Vinícius Gurgel informou que “o Instituto terá em torno de R$ 70 a R$ 100 milhões deste ano para que suas atividades continuem em 2018”. O senador João Capiberibe e os deputados federais Janete Capiberibe, André Abdon, Jozi Araújo e Professora Marcivânia, declararam empenho para que a emenda à LDO seja aprovada com êxito.

 

“O apoio dos nossos parlamentares tem sido fundamental. Às deputadas Janete, Marcivânia e Jozi, aos deputados Vinícius, Roberto, André, Cabuçu e Marcos e também aos senadores Capiberibe, Randolfe e Davi, nossa gratidão pela sensibilidade com a causa do Ifap. O recebimento destes recursos é fundamental para a melhoria das atividades e atuação do Instituto no Estado. Mesmo com as dificuldades que enfrentamos, continuamos ofertando educação de qualidade. Precisamos receber essa emenda prioritária de bancada e vamos lutar por isso, para oferecer muito mais ao Amapá”, concluiu a reitora.

 

Por Jacyara Araújo, jornalista do campus Macapá
Seção de Gerenciamento da Comunicação Social do campus Macapá
Instituto Federal do Amapá (Ifap)
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Twitter: @ifap_oficial
Facebook:/institutofederaldoamapa